28.51°C Brasília

22 de fevereiro de 2024

PUBLICIDADE

MAIS RECENTES

Carnaval do Centro de Vitória, deve se render?

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39. Coluna Letrados Por Rodolfo Birchler  – Artista Plástico. Carnaval do Centro de Vitória, nossa capital histórica, que nos rendeu tantas

Festival MC arrecada 14 toneladas de alimentos e doará para dez comunidades de Vitória

Trabalho de mãos.

Evento aconteceu entre os dias 18 e 19 de agosto com programações culturais e de sustentabilidade. A inciativa das doações ainda não tem data marcada, porém os bairros, no entorno do Carmélia, já estão definidos para receberem a solidariedade. / Foto: Renan Olivetti.

 

Colabore com o Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39.


Um modelo de economia solidária na prática. O Festival Movimento Cidade, realizado no último final de semana, arrecadou cerca de 14 toneladas de alimentos. A entrada era condicionada a doação de 1kg de alimento não perecível.

O evento cultural aconteceu na última sexta (18) e sábado (19), no Centro Cultural Carmélia, em Vitória. Na ocisão, foram exibidas três mostras de cinema; shows musicais, como Liniker e Djonga; bate-papo, batalhas de dança e rima; intervenções artísticas e apresentações culturais locais. O assentamento cultural reuniu 15 mil pessoas.

“A nossa ideia é que a contribuição do Festival MC chegue de diversas formas para a sociedade, contribuindo para a construção de uma cidade mais justa, bonita e criativa. Seja no público presente, nos fornecedores participantes ou nas comunidades favorecidas. Tudo é pensado para trazer experiência e resultados práticos e visíveis”, destaca Luisa Costa, Sócia-Diretora da Movimento Cidade Projetos Criativos, que é responsável pela concepção dos projetos.

A equipe de mobilização do Movimento Cidade ainda está fechando a data de entrega dos alimentos, que serão distribuídos entre as comunidades de Santo Antônio, Santa Teresa, Morro do Quadro, Mário Cypreste, Caratoíra, Alagoano, Bela Vista, Vila Rubim, Ilha do Príncipe e Inhanguetá. Não por acaso, são localidades no entorno do Carmélia, e que foram “vizinhas” de um festival de cinema, arte e música por dois dias – mas também no mês anterior, durante a montagem da mega estrutura.

Doações feitas pelo público que compareceu no Festival Movimento Cidade, no último fim de semana, no Centro Cultural Carmélia. / Foto: Renan Olivetti.

A organização do evento circulou pela região, antes de executar o projeto cultural, conversando com diversos moradores para explicar a chegada do festival e seus impactos. Nesse diálogo, foi reforçado com a comunidade a importância de uma convivência harmoniosa, em prol de um festival que leva cultura de forma gratuita e diversa.

Todas essas ações de colaboração, solidariedade e coletividade permitem um mundo sustentável e um ambiente econômico de equidade social. O MC ainda foi além na responsabilidade social: engajou o público na campanha para o uso de copos reutilizáveis, dando a opção de cada um levar o seu copo para o evento ou comprar um copo personalizado do Festival com preço acessível e dispôs de lixeiras para coleta seletiva. Os recicláveis foram coletados e destinados aos profissionais da Associação dos Catadores de Materiais Reciclados da Ilha de Vitória (Amariv).

Outra proposta salutar que o Movimento Cidade ancorou em seu evento, é a concepção de economia criativa – que foca no potencial individual ou coletivo para produzir bens e serviços criativos. Nessa proposta, o MC envolveu trabalhadores dos bairros de entorno em alguns postos de trabalho disponíveis, convidou pequenos produtores e artesãos para exporem seus produtos, além de ter contado com uma equipe exclusiva para atendimentos de acessibilidade.

O Festival Movimento Cidade credenciou sua quinta edição, que teve início em 2018. E para essa ocasião de fomento ao empreendedorismo cultural local, o MC contou com os patrocínios da Master do Instituto Cultural Vale, o patrocínio da Budweiser, Smart Fit e Grupo Tristão. A concepção é da produtora Movimento Cidade Projetos Criativos e a Realização da Puri Produções, por meio da Lei Incentivo à Cultura Federal, do Ministério da Cultura (MinC), e por meio da Lei de Incentivo à Cultura Capixaba (LICC), da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo (Secult-ES).


Colabore com o Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39.

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram

Tags

Talvez queira ler esses Artigos

PUBLICIDADE

MAIS RECENTES

Carnaval do Centro de Vitória, deve se render?

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39. Coluna Letrados Por Rodolfo Birchler  – Artista Plástico. Carnaval do Centro de Vitória, nossa capital histórica, que nos rendeu tantas

Shopping Basket