PUBLICIDADE

MAIS RECENTES

Simone, CEO da Silver Solutions

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39. Entrevista / Empresarial Bacharel em Turismo, Técnico em Segurança do Trabalho e Especialista em Segurança Contra Incêndio, a CEO da

Para que servem as escolas?

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39 Coluna Letrados Por Samuel J. Messias / Mestre em Educação. O papel das escolas na sociedade As escolas desempenham

Os jovens e a leitura

Imagem: Divulgação.

“Acredito nos jovens à procura de caminhos novos, abrindo espaços largos na vida”. (Cora Coralina)

Hoje é o dia da juventude brasileira e eu me pus a refletir sobre como está a situação dos jovens no atual contexto brasileiro e como a educação pode influenciar nisso. E também penso em como é importante garantir a esses jovens o direito à cultura, por meio da leitura.

Antônio Cândido, sociólogo e professor, figura central dos estudos literários no Brasil, disse que “o direito à literatura desagua na justiça social.” Ou seja, o direito à leitura nos garante outros direitos sociais.

A Política Nacional de Leitura e Escrita (Lei Nº 13.696, de 12 de julho de 2018), em seu artigo 2º, parágrafo II, preconiza “o reconhecimento da leitura e da escrita como um direito, a fim de possibilitar a todos, inclusive por meio de políticas de estímulo à leitura, as condições para exercer plenamente a cidadania, para viver uma vida digna e para contribuir com a construção de uma sociedade mais justa”.

Na contramão dessa política, de acordo com o Indicador de Analfabetismo Funcional (Inaf) de 2018, apenas 59% dos jovens brasileiros terminaram o Ensino Médio até os 19 anos de idade.

Nossos jovens têm que lidar com desigualdades, com suas angústias internas, cobranças e comparações. Vivem numa sociedade que exige que trabalhem, mas o mercado quer pessoas experientes. Quando se é jovem, ainda não se acumulou experiência, mas, por precisar se sustentar, abandona a escola para tentar arranjar um emprego. E quando não consegue, é rotulado como parte da juventude “nem-nem” (nem trabalha, nem estuda).

As desigualdades sociais impactam as escolhas dos jovens, que se veem à procura de caminhos, como disse Cora Coralina, mas sem muitas perspectivas de sucesso. Só teremos um país de pensantes quando nossos jovens tiverem acesso à educação e aos bens culturais, acesso esse que perpassa, não só por questões cognitivas, mas também por condições de pagar seu material de estudo, seu ingresso ao cinema, ao teatro, e pela aquisição de livros.

Precisamos pensar, com urgência em políticas de acesso e permanência à educação e cultura. Precisamos encurtar a distância entre os jovens e os livros, pois só estaremos numa situação ideal quando nossos jovens escolherem ler por opção, sem que haja limitação de seu acesso à leitura. A leitura, principalmente a literária, pode contribuir muito para a construção da identidade dos jovens, propiciando autoconhecimento. Ele deve ter o direito de optar por estudar ou não, dependendo das oportunidades que forem surgindo em sua vida e tais oportunidades devem ser oferecidas com equidade para todos, sem distinção de raça, cor ou condição social.

Lutemos por uma sociedade mais justa e com mais oportunidades para nossos jovens!


Magda Simone Tiradentes – *Mestre em Letras pelo Mestrado Profissional em Letras (IFES). Experiência na docência de Língua Portuguesa (Ensino fundamental II), atua na Secretaria de Educação da Serra, com a Formação Continuada de Professores de Língua Portuguesa.

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram

Tags

Talvez queira ler esses Artigos

Simone, CEO da Silver Solutions

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39. Entrevista / Empresarial Bacharel em Turismo, Técnico em Segurança do Trabalho e Especialista em Segurança Contra Incêndio,

Para que servem as escolas?

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39 Coluna Letrados Por Samuel J. Messias / Mestre em Educação. O papel das escolas na sociedade

PUBLICIDADE

MAIS RECENTES

Simone, CEO da Silver Solutions

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39. Entrevista / Empresarial Bacharel em Turismo, Técnico em Segurança do Trabalho e Especialista em Segurança Contra Incêndio, a CEO da

Para que servem as escolas?

Invista no Jornal Merkato! – Pix: 47.964.551/0001-39 Coluna Letrados Por Samuel J. Messias / Mestre em Educação. O papel das escolas na sociedade As escolas desempenham

Shopping Basket